Um Estudo Analítico Sobre os Riscos na Gestão de Projetos de uma Startup

Main Article Content

Paulo Guilherme de Sousa Pinto Marcio Hervé

Resumo

Atualmente, o número de organizações que trabalham utilizando as boas práticas do gerenciamento de projetos vem crescendo, e essa metodologia vem se consolidando cada vez mais. Para que um projeto seja bem-sucedido, o gerenciamento de risco do projeto é uma parte essencial em sua gestão. Todo projeto está atrelado a riscos, portanto se faz fundamental o esforço para ter um processo efetivo de gerenciamento destes riscos, a fim de identificá-los e tratá-los de maneira correta. A abordagem tradicional do gerenciamento dos riscos em um projeto enfatiza a identificação e gerenciamento de ameaças, com um enfoque principalmente nos efeitos negativos dos riscos. As diretrizes do Project Management Institute (PMI) ampliam a definição do termo risco, que também inclui oportunidades. O gerenciamento de oportunidades se concentra nos efeitos potenciais positivos dos riscos que podem ser benéficos para os projetos. O objetivo desta pesquisa é apresentar o gerenciamento de riscos no âmbito da gestão de projetos. Esta pesquisa caracteriza-se quanto aos fins como descritiva, com procedimento bibliográfico e documental. Existem quatro possíveis respostas a um risco: os riscos serão prevenidos, mitigados, transferidos ou aceitos, no caso de riscos negativos (ameaças), ou serão explorados, aprimorados, compartilhados ou aceitos, no caso de riscos positivos (oportunidades).



Article Details

Como Citar
PINTO, Paulo Guilherme de Sousa; HERVÉ, Marcio. Um Estudo Analítico Sobre os Riscos na Gestão de Projetos de uma Startup. Boletim do Gerenciamento, [S.l.], v. 21, n. 21, p. 32-43, jan. 1970. ISSN 2595-6531. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/boletimdogerenciamento/article/view/528>. Acesso em: 24 jan. 2021.
Seção
Artigos