Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar - RJ Desafios e conflitos em obra de Restauração e Conservação.

Main Article Content

Viviane Silva Rodrigues Isabeth da Silva Mello

Resumo

Um dos primeiros bens tombados do Brasil, a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar possui mais de 300 anos de história e teve a família real entre seus mais distintos fiéis. A edificação, um exemplar do barroco joanino mesclada com características do barroco mineiro na Baixada Fluminense, foi construída em 1720 e tombada em 1938 pelo Instituto do Patrimônio Artístico Cultural (IPHAN). Contudo, poucos recursos foram empregados em sua manutenção, o que gerou, ao longo do tempo, comprometimento da estrutura e das instalações (elétricas, luminotécnicas e hidrossanitárias), degradação dos elementos arquitetônicos e bens integrados por térmitas, entre outras patologias. Indagações sobre o estado de conservação do bem histórico; descobertas que podem surgir no processo; entre outras, contribuem para a complexidade de obras desta categoria. O presente artigo busca realizar apontamentos acerca de desafios e conflitos encontrados na obra de Restauração e Conservação da Igreja.

Article Details

Como Citar
RODRIGUES, Viviane Silva; MELLO, Isabeth da Silva. Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar - RJ. Boletim do Gerenciamento, [S.l.], v. 21, n. 21, p. 1-12, dez. 2020. ISSN 2595-6531. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/boletimdogerenciamento/article/view/520>. Acesso em: 24 jan. 2021.
Seção
Artigos