Gestão de Resíduos Sólidos na Construção Civil: Proposta de um Plano de gerenciamento para reforma

Main Article Content

Camila Ferreira Lozano da Silva Monica Pertel

Resumo

A construção civil é certamente um importante pilar do setor industrial de um país e é considerada um forte contribuinte para o desenvolvimento econômico e social. Com o crescimento desta atividade, aumenta a necessidade de uma eficiente fiscalização dos órgãos competentes e, a adequação das leis pertinentes que estabelecem diretrizes para gerenciar os resíduos das obras, com o propósito de minimizar os impactos ambientais. Sendo o responsável pelo gerenciamento de resíduos, o gerador deverá dimensionar o quantitativo, separar cada material para as suas classes distintas e direcionar para a reciclagem/reutilização ou destinação final adequada. O objetivo do presente estudo é descrever a gestão de resíduos das etapas de uma reforma e demonstrar como o plano de gerenciamento traz benefícios ambientais e redução nos gastos. Será apresentado um estudo de caso referente a uma reforma residencial, com dois pavimentos, unifamiliar, realizada por uma empresa de reformas e construções. Ao final, é apresentado um plano de gerenciamento propondo soluções para as percas e sobras de materiais da determinada reforma. A critério de resultados destaca-se a importância da estruturação do mesmo, bem como ganhos vindos dessa prática, seja do ponto de vista dos gestores do empreendimento, seja do ponto de vista da sociedade.

Article Details

Como Citar
LOZANO DA SILVA, Camila Ferreira; PERTEL, Monica. Gestão de Resíduos Sólidos na Construção Civil: Proposta de um Plano de gerenciamento para reforma. Boletim do Gerenciamento, [S.l.], v. 14, n. 14, p. 40-48, maio 2020. ISSN 2595-6531. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/boletimdogerenciamento/article/view/425>. Acesso em: 11 jul. 2020.
Seção
Artigos