Ganhos e Melhorias com a Utilização de Modelos Híbridos na Gestão de Projetos de TI

Main Article Content

André Luiz Coelho Ferreira

Resumo

Este artigo apresenta uma avaliação e discussão de um caso real em gestão de projetos de TI, abordando os ganhos e melhorias possíveis ao se trabalhar com modelos híbridos durante a sua gestão. Traz discussões fundamentadas sob a luz do PMI e do preconizado em metodologias ágeis com foco em Scrum, estudando os fatos ocorridos no caso em questão (lições aprendidas). Vislumbra tratativas combinadas destas duas abordagens, gerando maior controle e adaptabilidade quando da ocorrência de possíveis problemas, durante a execução de projetos em TI. São propostas abordagens que possibilitariam maior aderência do escopo aos requisitos do cliente e maior efetividade ao lidar com possíveis mudanças. Avalia o ganho processual e de gestão com as divisões em pacotes de entrega menores e o alinhamento desta prática com as peculiaridades do sistema em questão (SAP). Também apresenta avaliações sobre o impacto positivo destas abordagens sugeridas no engajamento das partes envolvidas no projeto: na expectativa positiva de todos com a solução proposta; de efetiva participação na construção da solução; do desejo do sucesso do projeto que se promove.

Article Details

Como Citar
COELHO FERREIRA, André Luiz. Ganhos e Melhorias com a Utilização de Modelos Híbridos na Gestão de Projetos de TI. Boletim do Gerenciamento, [S.l.], v. 6, n. 6, p. 1-10, maio 2019. ISSN 2595-6531. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/boletimdogerenciamento/article/view/157>. Acesso em: 12 dez. 2019.
Seção
Artigos