Acessibilidade ao transporte público e uso do solo utilizando ferramentas de geoprocessamento: bairro do Rio Comprido (RJ)

Main Article Content

Laís De Andrade Costelha Leonardo Vieira Barbalho Rosane Martins Alves

Resumo

O desenvolvimento das cidades também está relacionado com a evolução dos meios de transporte, que possibilitaram a expansão das áreas ocupadas. A precária acessibilidade ao transporte público afeta a sustentabilidade urbana e impacta negativamente a rotina diária da população. Sob esta ótica, este artigo analisa o alcance do transporte público urbano no bairro do Rio Comprido (RJ), do ponto de vista da mobilidade sustentável, com enfoque na relação entre transporte e uso do solo. Foram utilizadas ferramentas de geoprocessamento a fim de mapear a área de estudo para melhor entender a correspondência entre as demandas de mobilidade e a distribuição das funções urbanas, bem como a acessibilidade aos sistemas de transporte da área de estudo. Identificou-se que vários locais do bairro, que são predominantemente ocupados por moradores de baixa renda, não são atendidos pela rede de transporte público, refletindo o problema de segregação socioespacial em relação à mobilidade e à acessibilidade, muito latente nas cidades brasileiras.

Article Details

Como Citar
DE ANDRADE COSTELHA, Laís; VIEIRA BARBALHO, Leonardo; MARTINS ALVES, Rosane. Acessibilidade ao transporte público e uso do solo utilizando ferramentas de geoprocessamento: bairro do Rio Comprido (RJ). Boletim do Gerenciamento, [S.l.], v. 38, n. 38, out. 2023. ISSN 2595-6531. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/boletimdogerenciamento/article/view/1039>. Acesso em: 01 mar. 2024.
Seção
Artigos