Condomínio do Edifício Hotel Quitandinha: Manutenção – Atualização e Continuidade

Main Article Content

Juliana Meirelles Guerra Emílio Farjalla Neto

Resumo

Este trabalho, alinhado com o tema discutido no CIRMARE 2020 sobre estudos de caso em recuperação, manutenção e restauração, compila os resultados sobre os aspectos gerais da manutenção do Condomínio do Edifício Hotel Quitandinha, localizado em Petrópolis/RJ, apresentados a partir da avaliação dos relatórios gerais de manutenção e análises in situ, seguido de recomendações gerais. O Hotel Quitandinha foi construído para ser inaugurado em 1944 sendo o maior cassino hotel da América Latina, mas com a proibição do jogo no Brasil em 1946, enfrentou dificuldades para manter-se somente como hotel, e após algumas opções de uso e ocupação, atualmente funciona como um condomínio privado de apartamentos e uma área comercial e de eventos sob a administração do SESC/RJ. Tratando-se de uma construção de qualidade, com aproximadamente oitenta anos, hoje o Edifício Hotel Quitandinha possui alguns de seus sistemas de infraestrutura indo além de sua vida útil, portanto em estado delicado para rotinas de manutenção, caso principal do sistema elétrico, do sistema de abastecimento de água e esgotos e partes embutidas do sistema de hidrantes e os elevadores. Alinhando-se com o campo dos estudos Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS) e Teoria Ator-Rede (TAR), o trabalho vincula-se com a perspectiva do edifício enquanto um imóvel mutável, e se relacionado com o espaço e tempo além de sua espacialidade euclidiana, encontra-se em uma espacialidade fluida, adaptando e moldando-se as novas necessidades dos usuários, atualizando-se para garantir sua singularidade e continuidade como marco da cidade.

Article Details

Como Citar
GUERRA, Juliana Meirelles; FARJALLA NETO, Emílio. Condomínio do Edifício Hotel Quitandinha: Manutenção – Atualização e Continuidade. Gestão e Gerenciamento, [S.l.], v. 13, n. 13, p. 18-26, set. 2020. ISSN 2447-1291. Disponível em: <https://nppg.org.br/revistas/gestaoegerenciamento/article/view/500>. Acesso em: 23 set. 2020.
Seção
Artigos